A importância de saber ouvir.

 

Resultado de imagem para foto de diálogo

A importância de saber ouvir.

Ouvir é o mais importante dos sentidos nas relações interpessoais. Seja na família, na escola, no trabalho, na sociedade, saber ouvir é imprescindível, porque saber ouvir com certeza evita muitos conflitos.

Ouvir é muito mais do que perceber as palavras, é entender. No dia a dia, com tantas atribuições, preocupações, corre-corre, não mais se presta atenção ao que as pessoas têm a dizer, antes que uma frase seja completada a resposta já vem em seguida, de maneira fria, insensível e muitas vezes equivocada.

É de muita sabedoria, ouvir o outro até o final, analisar e depois sim responder. O livro “O Monge e o Executivo” diz que quando interrompemos as pessoas no meio de uma frase, enviamos algumas mensagens negativas:

  • Não prestamos atenção ao que foi dito por estarmos pensando nas respostas.
  • Nos recusamos a ouvir, desvalorizando a opinião do outro.
  • Consideramos a nossa opinião mais importante que a do outro.

Diante dessas considerações, é fácil de entender porque existem tantos desentendimentos, incompatibilidades  e problemas de relacionamentos em geral.

Como se manter um relacionamento saudável, se ao outro não é dado o direito de manifestar sua opinião?

É preciso rever a forma de se comunicar. No âmbito profissional, pode-se perder um grande negócio ou mesmo uma parceria lucrativa, por falha de comunicação, por não dar ao outro a oportunidade de expor suas ideias, e assim ser visto como arrogante e autoritário.

Já no âmbito pessoal, os danos podem ser maiores e em muitos casos, irreparáveis.  Acima de qualquer sucesso profissional, o homem tem a necessidade de estar bem com a família para ser feliz. Um bolso cheio de dinheiro traz divertimento, companhias, aquisições de bens materiais… mas não traz o carinho, o afeto verdadeiro, o aconchego e a paz interior. Assim é preciso aprender a ouvir, analisar a proposta e aí sim, emitir seu parecer a respeito, tendo sempre o cuidado de ser coerente e respeitar o outro como um “ser humano” pois uma palavra mal colocada pode destruir uma pessoa interiormente e criar barreiras intransponíveis, e  quanto mais próxima for a pessoa, mais cuidado tem que se ter no saber ouvir e no saber falar, para que a harmonia prevaleça.

Grande é o homem que reconhece no outro a mesma importância que dá a si próprio.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *