Não devemos “criar” doenças.

Resultado de imagem para foto de homem saudavel e doente

Existem pessoas que gostam de “criar” doenças.

Essas  pessoas  demoram a procurar o médico e quando procuram não tomam o medicamento no horário correto, não fazem repouso e a todo momento reforçam: “Eu estou mal!! Estou com muita dor!! Não presto para mais nada!”   E assim desfiam lamentações e acreditam que o seu sofrimento é maior do que o de qualquer outra pessoa.

Esse comportamento pode ser uma forma inconsciente de chamar a atenção   para si, por se sentir com baixa autoestima  ou para  tentar fugir de suas responsabilidades diante da realidade que está vivendo, e assim prorrogam seu sofrimento físico.

E já existem pessoas que não aceitam a doença para si. Que fazem o tratamento certinho, que acreditam que vão ficar curadas e assim, realmente conseguem a cura em curto espaço de tempo. Porque o emocional manda muito na recuperação de qualquer doente. O pensamento positivo, a força interior, a fé seja qual for o nome,  faz com que a pessoa desenvolva a capacidade de se curar através do estímulo ao corpo e existem inúmeros artigos falando sobre isso:

https://osegredo.com.br/2016/08/cura-atraves-dos-pensamentos-positivos/

E embora cientificamente ainda não se obtenha prova suficiente,  a medicina chinesa tem sido bastante eficiente no tratamento de doenças físicas baseadas nos problemas emocionais:

https://www.google.com.br/url?sa=t&rct=j&q=&esrc=s&source=web&cd=5&cad=rja&uact=8&ved=0ahUKEwj8kIDuqObUAhVLh5AKHb5xAMIQFghGMAQ&url=http%3A%2F%2Fsomostodosum.ig.com.br%2Fartigos%2Fastrologia%2Fa-causa-das-doencas-esta-nas-emocoes-negativas-09145.html&usg=AFQjCNEyGK_NqC8SmtdWRO65xGl1DN37Kw

Estes links falam mais sobre o assunto e mesmo que não goste muito de ler, tenha a certeza de que sua saúde física melhorará a partir do seu estado emocional porque de qualquer forma, quando estamos bem emocionalmente, temos mais força para enfrentar as dificuldades da vida.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *