Porque você segue com ele?

Resultado de imagem para imagem de pensando

No post  “Ou  ele te segue ou segue sem ele” , comentei sobre analisar com quem  estamos convivendo e  achei que seria  interessante levantar  a reflexão sobre o porquê estamos juntos com essa pessoa:

 

Porque você  segue com ele?

 

– Quais os motivos que te levam a manter o  relacionamento?

– O amor é realmente o que te move?

– Na relação, o que tem sido mais presente: a admiração, o carinho, o afeto ou o que o     outro pode te proporcionar seja afetiva, social ou economicamente?

– Ele tem muitos defeitos? A sim, todos temos defeitos, mas esses defeitos se tornam maiores quando o outro não te satisfaz nas suas necessidades ou caprichos?

– O que você busca no outro?

Devemos buscar refletir mais sobre nós, sobre o momento que estamos vivendo, porque o mau hábito de deixar as coisas passarem sem analisar o que está acontecendo vai acumulando situações mal resolvidas e nos empurrando para a depressão e a infelicidade.

 

O que realmente faz valer a pena seguir junto?

 

Ao responder esta pergunta, devemos lembrar que príncipes e princesas só existem nos Contos de Fadas que tendenciosamente  nos induz  a buscar  um modelo perfeito de companheiro e de relacionamento.

Na vida real,  precisamos buscar a companhia não de pessoas perfeitas, mas de pessoas que querem nosso bem, pessoas que nos estendem a mão quando realmente precisamos, pessoas que torcem e buscam contribuir para o nosso crescimento e  cabe a nós,   retribuir de forma afetuosa e verdadeira, nos vigiando para não depositar no outro nossos próprios anseios, deixando assim,  de ver o outro como ele realmente é, porque essa atitude, na maioria das vezes  inconsciente, nos leva a grandes frustrações e provoca paixões insanas, porque não estamos nos relacionando com a pessoa, mas sim com o que gostaríamos que ela fosse.

Toda pessoa é única em seus defeitos e em suas qualidades e tem que assim ser respeitada, se não conseguirmos ter compaixão pelas suas falhas e limitações, devemos seguir sozinhos, dando a oportunidade para que ambos encontrem alguém que valha a pena seguir junto  em busca da felicidade ( que só poderá ser encontrada dentro de nós mesmos) mas com quem teremos o prazer de dividir as tristezas e compartilhar as alegrias.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *