Encruzilhadas.

Resultado de imagem para foto de encruzilhada

Em nosso caminho sempre nos deparamos com encruzilhadas e nos compete escolher qual direção nos levará ao nosso destino,  e seguir as orientações de Jesus nos dará a certeza de que fizemos a escolha certa. 

Ensinamentos de Jesus.

Como a vida vai nos trazendo ensinamentos em situações inesperadas.

Num jantar em família, meu marido contava da proeza de  seu amigo que estava vendo  em uma Feira de Veículo,  uma moto para comprar e ao lado, duas pessoas negociavam uma moto bem melhor do  que a que  ele estava apreciando, escutou que o vendedor pedia R$5000,00 pela moto, preço que ainda era mais baixo do que a FIPE, o comprador fez uma contra oferta de 3 mil, o vendedor desesperado disse que precisava do dinheiro mas que ele estava ofertando pouco, o cara achando que ia fechar o negócio disse que ia dar uma volta para que ele pensasse e quando saiu, o amigo do meu marido perguntou para o rapaz quanto ele queria que o rapaz fizesse de diferença, o vendedor respondeu que teria que ser pelo menos uns R$ 3.800,00, o amigo disse dou R$ 3.500,00 em dinheiro e o vendedor se rendeu entregando  a moto. Neste ponto, minha filha já estava chorando: “Não consigo me conformar que uma pessoa tenha a coragem de fazer isso, aquele homem devia ser um pai de família e a moto era o único bem que ele tinha para poder sustentar seus filhos e sua casa, poderia estar desempregado, e o seu amigo teve a coragem de desvalorizar em 2 mil a moto dele, eu não me conformo com isso.” E as lágrimas continuavam a rolar.

Então me tocou o coração do quanto somos egoístas e pensamos sempre em levar vantagem, doa a quem doer.

Me dei conta,  que essas Feiras de Veículos que se espalham pelo país, que serve de “salvação” para quem precisa de dinheiro imediato,  é também uma mina de ouro para aqueles que de uma forma ou outra acabam se beneficiando  da desgraça alheia…

e experimentei um amargo na alma em sentir o quanto estamos  distantes de praticar os ensinamentos de Jesus, deixando de pensar no nosso próximo, em suas angustias e necessidades…

mas ao mesmo tempo me senti grata por ter recebido em meu lar essa filha de coração tão grande, que me faz acreditar que a humanidade ainda tem salvação.

 

Lobos em pele de cordeiros.

Resultado de imagem para imagem de lobo em pele de cordeiro

Existem os lobos,

Existem os cordeiros

E existe o lobo em pele de cordeiro, e a esse devemos temer.

Porque este nos seduz com seu pelo macio, nos encanta com seu olhar celestial, nos faz acreditar na pureza de seus sentimentos…

Mas,  o tempo todo arquiteta um plano para nos devorar.

Estejamos atentos às pessoas a nossa volta porque é nos pequenos detalhes que descobrimos os grandes inimigos.

Jamais devemos desacreditar.

Planta, Verde, Natureza, Fechar, Mortos Toco De Árvore

Por mais difíceis que as coisas possam parecer, por mais que alguém tenha nos decepcionado ou mesmo que tenhamos sofrido uma grande decepção amorosa,

Não devemos desacreditar:

Da vida

Das pessoas

Do amor…

Porque desacreditar nos levará a inércia e uma triste sobrevida.

Assim seja qual for o motivo, vamos acreditar, vamos tentar novamente, porque as grandes invenções e as grandes vitórias resultaram de inúmeras tentativas frustradas.

Vamos tentar novamente, porque viver é lutar, é sentir emoções, é correr atrás da felicidade acreditando que “… tudo é possível ao que crê”. Mc 9:23

 

O pior tédio.

Resultado de imagem para imagem de natureza suave

O pior tédio, é não ter exatamente nada a fazer dentro de um espaço limitado, obrigado a cumprir horário e agir dentro das regras impostas, tendo lá fora um sol brilhando, a brisa suave, mil coisas prazerosas te convidando para se divertir. 

Mas Deus nos presenteou com a imaginação que nos permite viajar para lugares tranquilos, ouvir o barulho dos riachos, o cantar dos pássaros, sentir o aconchego dos raios de sol ou bailar entre as gotas de chuva…

Assim como tudo depende de darmos o primeiro passo,  cabe a nós escolher entre se deprimir pelo tédio ou ser feliz dando asas a imaginação.

Já foi dito: “Viva todo dia como se fosse o último”.

Resultado de imagem para imagem gratuita de nascer do sol

Já foi dito: “Viva todo dia como se fosse o último”.

Eu diria viva como se todo dia fosse o primeiro.

Trate seus amigos com a cordialidade que trata alguém que acabou de conhecer, porque assim sempre estará buscando deixar boa impressão.

Beije com a mesma emoção do primeiro beijo e viva ao lado de quem ama, com a mesma preocupação do primeiro encontro, assim estará dando sempre o seu melhor.

Trabalhe como se fosse o primeiro dia no seu emprego, assim estará sempre atento e em busca de conhecimento.

Estude como no primeiro dia de aula, sedento pelo saber e com a convicção da importância daquele momento.

Trate seus pais como no início, ouvindo seus ensinamentos, acarinhando e confiando, assim através da experiência deles evitará muitos sofrimentos.

Viva como se todo dia fosse o primeiro, assim estará sempre buscando a excelência em tudo o que fizer.

Assim estará sempre trabalhando por dias melhores e quando o último dia chegar você só terá o que agradecer.

O poder da gratidão.

 

Resultado de imagem para imagem de gratidão

O que é gratidão?

Gratidão é o reconhecimento de uma pessoa por alguém que lhe prestou um benefício, um auxílio, um favor etc.; agradecimento. (Google, Dicionário)

A definição de gratidão é tão simples e clara, mas como é difícil e complicado colocar a gratidão no nosso dia a dia, isso porque estamos mais ocupados em reclamar de tudo e de todos, do que reconhecer o quanto recebemos de auxílios e benefícios do nascer ao pôr do sol.

Esquecemos de reconhecer o quanto Deus, a Natureza, a Energia Cósmica… ou seja, como for que você define através de sua crença, o Poder que nos faz abrir os olhos e realizar inúmeras coisas conscientes e inconscientes, até o final de cada dia.

Esse Poder que nos permite sorrir e chorar a cada fato ocorrido e que também nos convida a viver na simplicidade, na paz, no amor e na fé. 

Reconhecer isso é ser grato, e somente através da gratidão é que vamos receber todo o necessário para ser feliz.

Portanto ao invés de reclamar pelo que não tem ou por quem você não é, agradeça pelo que já tem, seja grato por ser único no mundo e permita que esse Poder transforme sua vida buscando agir ao invés de reagir.

 

É preciso lutar contra nós mesmos.

 

 

Resultado de imagem para imagem em frente ao computador

De repente em frente ao computador percebo que estou totalmente entregue ao óscio.

Me pego vagando entre sites de moda, beleza, face e noticiários e isso me dá um tremendo desconforto, uma sensação ruim de inutilidade que chega a causar náuseas e uma zonzura como se o cérebro entrasse em pânico e só consigo perceber que bem lá no “fundinho do meu ser” uma voz frágil grita que é preciso fazer algo.

Então me dou conta de como a vida é uma luta, ou você está correndo atrás de dar conta de todas as suas obrigações ou você está buscando uma força para te ajudar a superar as horas desocupadas, o desânimo e a desmotivação, pois de uma forma ou outra, só nos cabe lutar.

Lutar contra nós mesmos ou lutar conosco, para vencer ou tão somente para prosseguir, porque se não estivermos atentos, adoecemos fisicamente por nos esforçarmos demais e adoecemos emocionalmente por estagnar no plano material sem buscar nosso crescimento espiritual.

Então, procurei ler coisas produtivas, porque somente através do crescimento espiritual é que alcançarei as transformações necessárias para me sentir realmente útil e produtiva.

Enquanto não der o sim, não tenha medo de procurar.

 

Imagem relacionada

Os ensinamentos bíblicos levam ao entendimento que é preciso se casar virgem pela premissa de que o casamento é insolúvel e não conhecer outro parceiro antes da união evitará a comparação, facilitando assim a realização plena entre homem e mulher.

Porém, nos tempos de hoje isso é cada vez mais raro, porque os hábitos da sociedade mudaram, a mídia em geral trabalha em cima de um conceito de que tudo é natural e normal, o que teoricamente é muito bonito, mas no cotidiano, toda essa “liberdade de agir” pode acabar causando desconforto e grandes conflitos, tanto nos relacionamentos em geral, quanto e principalmente no individual.

 Por exemplo, uma adolescente que recebeu uma base religiosa intensa e com dogmas rigorosos, pode entrar em conflitos internos e partir para um casamento infeliz por já ter tido relações sexuais com o namorado e assim se sentir na obrigação de casar, mesmo percebendo que o companheiro não é quem ela esperava,  que ele não atendeu as suas expectativas e que na verdade são muito diferentes, tanto na forma de agir  como na maneira de pensar em relação ao futuro.

 Considerando que estudos científicos mostram que a paixão dura em média 30 meses, conhecer o outro demanda tempo e passando a fase do “tudo é lindo e maravilhoso” as diferenças de estilo de vida vão se tornando mais presentes no namoro e para evitar desentendimentos a tendência é ir abrindo mão da própria “Natureza”.

E natureza é algo muito forte dentro de nós.  E como o mar que volta a buscar sua praia, nossa Natureza vem trazer a tona tudo o que sufocamos, e é então que percebemos o quanto tem nos feito falta a nossa essência.   Que aquelas coisas pequenas que deixamos de fazer e viver, que nos dava tanta alegria e prazer, deixou em nós um grande vazio.

Portanto, coragem!

Se o seu namoro já não está te fazendo feliz, se dentro a dúvida ainda diz: “Ele pode não ser o homem da minha vida”, não tenha medo de romper esse relacionamento. Pois maior erro é ir para o casamento, dizendo “sim” no altar com um coração gritando “não” ou “talvez”, porque todos os problemas do namoro são levados para o casamento e muitas vezes intensificados, engana-se quem acredita que quando casar “ele” mudará.

Observe os casais a sua volta:  um que o marido não acompanha a esposa nas festas da família dela (ou vice versa). Outro em que não gostam do mesmo estilo de música, então ele não a leva em um show porque acha muito chato. Aquele que sempre arruma uma programação de última hora para não ir a um lugar que vocês combinaram, mas que ele não gosta. Tem os casais que um gosta de coisas simples e o outro quer ostentar… enfim, são muitas diferenças que vão trazendo a anulação do “Eu” e vai gerando uma tristeza quase imperceptível, que aos poucos vai apagando o brilho nos olhos até que um dia se percebe que não valeu à pena abrir mão das coisas que gostava ou queria fazer, em nome de uma obrigação social, religiosa ou mesmo por não se achar capaz de encontrar alguém “melhor”.

Por isso sempre reflita sobre como você está se sentindo no relacionamento. O quanto seu namoro está realmente trazendo felicidade. |Sim, a felicidade está dentro de nós, mas não podemos encontrá-la se o nosso exterior não estiver atendendo as nossas necessidades interiores.

Enquanto não der o sim, não tenha medo de continuar procurando alguém que te faça sentir-se plena.

 

 

 

 

 

 

Porque você segue com ele?

Resultado de imagem para imagem de pensando

No post  “Ou  ele te segue ou segue sem ele” , comentei sobre analisar com quem  estamos convivendo e  achei que seria  interessante levantar  a reflexão sobre o porquê estamos juntos com essa pessoa:

 

Porque você  segue com ele?

 

– Quais os motivos que te levam a manter o  relacionamento?

– O amor é realmente o que te move?

– Na relação, o que tem sido mais presente: a admiração, o carinho, o afeto ou o que o     outro pode te proporcionar seja afetiva, social ou economicamente?

– Ele tem muitos defeitos? A sim, todos temos defeitos, mas esses defeitos se tornam maiores quando o outro não te satisfaz nas suas necessidades ou caprichos?

– O que você busca no outro?

Devemos buscar refletir mais sobre nós, sobre o momento que estamos vivendo, porque o mau hábito de deixar as coisas passarem sem analisar o que está acontecendo vai acumulando situações mal resolvidas e nos empurrando para a depressão e a infelicidade.

 

O que realmente faz valer a pena seguir junto?

 

Ao responder esta pergunta, devemos lembrar que príncipes e princesas só existem nos Contos de Fadas que tendenciosamente  nos induz  a buscar  um modelo perfeito de companheiro e de relacionamento.

Na vida real,  precisamos buscar a companhia não de pessoas perfeitas, mas de pessoas que querem nosso bem, pessoas que nos estendem a mão quando realmente precisamos, pessoas que torcem e buscam contribuir para o nosso crescimento e  cabe a nós,   retribuir de forma afetuosa e verdadeira, nos vigiando para não depositar no outro nossos próprios anseios, deixando assim,  de ver o outro como ele realmente é, porque essa atitude, na maioria das vezes  inconsciente, nos leva a grandes frustrações e provoca paixões insanas, porque não estamos nos relacionando com a pessoa, mas sim com o que gostaríamos que ela fosse.

Toda pessoa é única em seus defeitos e em suas qualidades e tem que assim ser respeitada, se não conseguirmos ter compaixão pelas suas falhas e limitações, devemos seguir sozinhos, dando a oportunidade para que ambos encontrem alguém que valha a pena seguir junto  em busca da felicidade ( que só poderá ser encontrada dentro de nós mesmos) mas com quem teremos o prazer de dividir as tristezas e compartilhar as alegrias.