Enquanto não der o sim, não tenha medo de procurar.

 

Imagem relacionada

Os ensinamentos bíblicos levam ao entendimento que é preciso se casar virgem pela premissa de que o casamento é insolúvel e não conhecer outro parceiro antes da união evitará a comparação, facilitando assim a realização plena entre homem e mulher.

Porém, nos tempos de hoje isso é cada vez mais raro, porque os hábitos da sociedade mudaram, a mídia em geral trabalha em cima de um conceito de que tudo é natural e normal, o que teoricamente é muito bonito, mas no cotidiano, toda essa “liberdade de agir” pode acabar causando desconforto e grandes conflitos, tanto nos relacionamentos em geral, quanto e principalmente no individual.

 Por exemplo, uma adolescente que recebeu uma base religiosa intensa e com dogmas rigorosos, pode entrar em conflitos internos e partir para um casamento infeliz por já ter tido relações sexuais com o namorado e assim se sentir na obrigação de casar, mesmo percebendo que o companheiro não é quem ela esperava,  que ele não atendeu as suas expectativas e que na verdade são muito diferentes, tanto na forma de agir  como na maneira de pensar em relação ao futuro.

 Considerando que estudos científicos mostram que a paixão dura em média 30 meses, conhecer o outro demanda tempo e passando a fase do “tudo é lindo e maravilhoso” as diferenças de estilo de vida vão se tornando mais presentes no namoro e para evitar desentendimentos a tendência é ir abrindo mão da própria “Natureza”.

E natureza é algo muito forte dentro de nós.  E como o mar que volta a buscar sua praia, nossa Natureza vem trazer a tona tudo o que sufocamos, e é então que percebemos o quanto tem nos feito falta a nossa essência.   Que aquelas coisas pequenas que deixamos de fazer e viver, que nos dava tanta alegria e prazer, deixou em nós um grande vazio.

Portanto, coragem!

Se o seu namoro já não está te fazendo feliz, se dentro a dúvida ainda diz: “Ele pode não ser o homem da minha vida”, não tenha medo de romper esse relacionamento. Pois maior erro é ir para o casamento, dizendo “sim” no altar com um coração gritando “não” ou “talvez”, porque todos os problemas do namoro são levados para o casamento e muitas vezes intensificados, engana-se quem acredita que quando casar “ele” mudará.

Observe os casais a sua volta:  um que o marido não acompanha a esposa nas festas da família dela (ou vice versa). Outro em que não gostam do mesmo estilo de música, então ele não a leva em um show porque acha muito chato. Aquele que sempre arruma uma programação de última hora para não ir a um lugar que vocês combinaram, mas que ele não gosta. Tem os casais que um gosta de coisas simples e o outro quer ostentar… enfim, são muitas diferenças que vão trazendo a anulação do “Eu” e vai gerando uma tristeza quase imperceptível, que aos poucos vai apagando o brilho nos olhos até que um dia se percebe que não valeu à pena abrir mão das coisas que gostava ou queria fazer, em nome de uma obrigação social, religiosa ou mesmo por não se achar capaz de encontrar alguém “melhor”.

Por isso sempre reflita sobre como você está se sentindo no relacionamento. O quanto seu namoro está realmente trazendo felicidade. |Sim, a felicidade está dentro de nós, mas não podemos encontrá-la se o nosso exterior não estiver atendendo as nossas necessidades interiores.

Enquanto não der o sim, não tenha medo de continuar procurando alguém que te faça sentir-se plena.

 

 

 

 

 

 

Casamento é sonho que se sonha…

 

Resultado de imagem para fotos de casamento

Casamento é sonho que se sonha a dois,
Que com o tempo se sonha a  três,                                                                                       a quatro e assim vai se desdobrando.
Casamento tem que ser santo
Fechado nos quatro cantos
Para que nenhum inimigo possa entrar.
Se ela está em prantos,
Ele suas lágrimas deve enxugar
Se ele do trabalho chega nervoso
Cabe a ela o acalmar.
As crianças que a tudo estão atentas
Não mentem e nem inventam
Tomam tudo por exemplo e
Todos sentimentos experimentam.
Se entre os pais  tem amor
Crescem e transformam em flor
Que frutos bom na colheita vão dar,
Mas se entre os pais existe a dor
Da infidelidade ou da incompreensão
Os filhos jamais crescerão
Serão sempre frutos murchos
Que na árvore permanecerão
Com a esperança de ver florescer
O amor que os fez nascer.
Assim preste muita atenção                                                                                                 Na hora do casamento,                                                                                                         Se não for por amor…
Amigo eu lamento,
Melhor permanecer sozinho
Do que causar sofrimento.